Essa receita é muito saborosa e proteica, além de ter lentilhas que “traz sorte” para o novo ano. A receita é da Paula Lumi, do site presunto vegetariano.

Rocambole Assado de Lentilha e Quinoa

Categoria: Acompanhamento / Guarnição, Prato Principal

Especificação: Vegana, Vegetariana

Rendimento: 6 porções

Dificuldade: Média

Ingredientes:

  • 1 xícara (de chá) de lentilha crua
  • 1 e 1/2 xícara (de chá) de água
  • 2 folhas de louro
  • 1/4 de xícara (de chá) de quinoa em grãos
  • 3 colheres (de sopa) de azeite
  • 5 dentes de alho bem picados
  • 1 xícara (de chá) de cebola bem picada
  • 2 colheres (de sopa) de suco de limão
  • 1 colher (de sopa) de orégano desidratado
  • 1/2 colher (de chá) de cominho (opcional)
  • 1/2 xícara (de chá) de aveia em flocos
  • 1/2 xícara (de chá) de farinha de trigo integral
  • Sal a gosto

Para a Montagem

  • 2 xícaras de molho de tomate conforme o seu gosto (para a montagem)
  • 1 xícara (de chá) de purê de batatas conforme o seu gosto
  • 6 unidades de vagem grandes
  • 6 palitos de cenoura
  • Papel Manteiga, papel alumínio ou plástico
  • Óleo

Modo de Preparo:

Coloque a lentilha em uma vasilha, cubra com o dobro de água e deixe de molho por 8 horas. Escorra, lave bem e coloque em uma panela, juntamente com 1 e 1/2 xícara de água e as folhas de louro e deixe cozinhar.

Enquanto isso, coloque a quinoa em uma vasilha pequena, cubra com água quente e deixe de molho por 2 minutos. Escorra lave bem e reserve.

Quando a lentilha estiver quase sem água, retire as folhas de louro, adicione a quinoa, misture e deixe cozinhar até a água do cozimento secar completamente.

Em seguida, adicione o azeite, o alho, a cebola, o suco de limão, o cominho, o orégano e tempere com sal a gosto. Misture bem e deixe cozinhar por cerca de 3 minutos, mexendo sempre para não queimar.

Desligue e acrescente a farinha de trigo integral, a aveia em flocos, misture bem e deixe esfriar completamente, para não atrapalhar a montagem (vai levar cerca de uma hora e meia).

Enquanto isso, prepare o molho de tomate e o purê conforme o seu gosto. Também cozinhe 6 unidades de vagem e 6 palitos grandes de cenoura em água fervente por 5 minutos. Escorra e reserve.

Pré aqueça o forno a 240ºC e coloque uma folha de papel manteiga com cerca de 40cm sobre uma superfície limpa. Distribua a mistura de lentilha e quinoa até formar um retângulo com cerca de 30cmx20cm e aperte bem, ajeitando as laterais.

Dê 2cm de distância da borda e distribua uma camada de purê. Disponha a vagem e a cenoura sobre ele e em seguida enrole o rocambole. Procure deixar o rocambole bem firme, e para isso aperte bem. Unte uma assadeira antiaderente com uma colher de sopa de óleo, disponha o rocambole sobre ela, ajeite as laterais e pincele óleo sobre toda a superfície dele.

Leve para assar por 30 minutos a 240ºC e em seguida retire do forno. Cubra o rocambole com metade do molho e deixe a outra parte para a hora que for servir. Devolva ao forno por mais 10 minutos e está pronto! Regue com azeite para servir.

Dicas:

Você pode fazer a massa de lentilha e quinoa no dia anterior da sua ceia e deixar em uma vasilha fechada, na geladeira, para montar no dia seguinte. Caso a sua massa ficar um pouco ressecada regue com um fiozinho de azeite.


Esta receita foi testada previamente e faz parte do Livro “Diário da Gastronomia: De tudo… Um pouco.” Autora: Adriana Tenchini (Projeto em andamento, ainda sem data de publicação).


Gostou da Receita? Então Compartilhe.
Alguma dúvida ou sugestão? Poste aqui ou, se preferir, envie um e-mail adrianatenchini@outlook.com

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.

Publicitária, Gastrônoma e Escritora

E não esqueça de seguir as minhas redes sociais.

Este é um prato apetitoso, suculento e muito fácil de fazer. O segredo do sabor está na marinada realizada no dia anterior.

Lombo Marinado no Espumante

Categoria: Prato Principal

Especificação: Carne Suína

Rendimento: 10 porções

Tempo de Pré-preparo: 12 horas

Tempo de Preparo: 2 horas e 30 minutos

Dificuldade: Fácil

Ingredientes:

  • 3 kg de lombo magro (limpo e ligeiramente furado)
  • 50 g de manteiga

Marinada:

  • 1 garrafa de espumante
  • 2 copos de iogurte natural
  • 3 dentes de alho amassados
  • 2 limões, suco
  • 1 cebola grande ralada
  • 2 folhas de louro picadas
  • 2 colheres (sopa) de salsa picada
  • 2 colheres (sopa) de cebolinha picada
  • Sal, q.b.[1]
  • Pimenta do reino, q.b.

[1] Quanto Bastar.

Modo de Preparo:

Coloque todos os ingredientes da marinada em uma tigela e misture bem. Mergulhe o lombo nesta mistura e deixe-o até o outro dia, virando-o às vezes. Na hora de prepará-lo, retire-o da tigela, besunte com manteiga e coloque-o em uma assadeira, juntamente com o líquido da marinada. Cubra-o com papel alumínio e leve-o para assar em forno pré-aquecido, por cerca de 2 horas. De vez em quando, levante o papel e regue o lombo com o molho da assadeira. Quando estiver assado, retire o papel alumínio e deixe-o no forno por mais 20 a 30 minutos para dourar.

Montagem:

Corte o lombo em fatias regulares e arrume-as no centro de uma travessa. Dos lados, coloque uma farofa, decorada com os ovos de codorna, as fatias de abacaxi, as ameixas e os fios de ovos

Dicas:

Sirva de acompanhamento uma Farofa com Linguiça.


Esta receita foi testada previamente e faz parte do Livro “Diário da Gastronomia: De tudo… Um pouco.” Autora: Adriana Tenchini (Projeto em andamento, ainda sem data de publicação).


Gostou da Receita? Então Compartilhe.
Alguma dúvida ou sugestão? Poste aqui ou, se preferir, envie um e-mail adrianatenchini@outlook.com

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.

Publicitária, Gastrônoma e Escritora

E não esqueça de seguir as minhas redes sociais.

O espaguete é um dos insumos mais consumidos do mundo e um dos pratos característicos nas mesas aos domingos. As receitas com base neste tipo de macarrão são produzidas de diferentes formas e acompanhadas dos mais variados molhos. Que tal preparar para sua família e amigos essa deliciosa receita! Simples, rápida e saudável.  

Espaguete com Camarão

Categoria: Prato Principal, Acompanhamento / Guarnição

Especificação: Massa, Frutos do Mar

Tempo de Preparo: 40 minutos

Rendimento: 5 porções

Dificuldade: Fácil

Ingredientes:

  • 1 pacote de espaguete grano duro
  • 1 kg de camarão
  • 2 limões taiti
  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • 2 dentes de alho
  • ½ cebola
  • 1 pacote de molho de tomate
  • ½ xícara (chá) de tomates cereja
  • Manjericão e salsa a gosto
  • Sal e pimenta do reino

Modo de Preparo:

Cozinhe o macarrão.

Em uma panela, ponha o azeite, cebola, alho e doure. Adicione o camarão e frite ligeiramente até que fiquem rosado. Acrescente o molho de tomate e mexa por alguns minutos. Corrija o sal e reserve.

Em seguida, disponha o macarrão em uma travessa, despeje o molho, acrescente o tomate cereja e salpique a salsa e o manjericão. Sirva em seguida.

Esta receita foi testada previamente e faz parte do Livro “Diário da Gastronomia: De tudo… Um pouco.” Autora: Adriana Tenchini (Projeto em andamento, ainda sem data de publicação).


Gostou da Receita? Então Compartilhe.
Alguma dúvida ou sugestão? Poste aqui ou, se preferir, envie um e-mail adrianatenchini@outlook.com

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.

Publicitária, Gastrônoma e Escritora

E não esqueça de seguir as minhas redes sociais.


Apresento um prato fácil e muito saboroso. O salmão além de ser um peixe sofisticado e elegante, é rico em ômega 3. Com sabor suave e textura macia, é um alimento super saudável. Existem várias maneiras de preparar esta receita. O salmão pode ser frito, grelhado ou assado e o molho pode ser preparado com mel, com creme de leite, com ervas, com suco de laranja, com vinho branco, com leite de coco ou com outros ingredientes.

A receita original é um prato leve e contemporâneo da culinária francesa e como já devem ter imaginado, o molho é feito com creme de leite. Para torná-lo mais leve e acessível para aqueles que são intolerantes à lactose (assim como eu) preparei o molho sem a utilização deste ingrediente.

Salmão ao Molho de Maracujá

Categoria: Prato Principal

Especificação: Peixes

Tempo de Preparo: 30 minutos

Rendimento: 4 porções

Dificuldade: Fácil

Salmão ao Molho de Maracujá servido com Caponata

Ingredientes:

  • 600 gramas de Salmão (4 postas com 150 g cada)
  • Sal, q.b.[1]
  • Pimenta do reino, q.b.
  • Azeite, q.b

Molho:

  • 2 unidades de Maracujá
  • 1 xícara (chá) de suco de maracujá concentrado
  • 2 colheres (sopa) de açúcar
  • 3 ramos de salsinha, em salpicon

[1] Q.b. – quanto bastar.

Modo de Preparo:

Tempere o salmão com sal e pimenta do reino. Reserve.

Retire a polpa do maracujá. Em uma panela coloque a polpa, o suco concentrado e o açúcar. Leve ao fogo alto até começar a ferver. Reduza o fogo e deixe o molho engrossar por uns 5 a 8 minutos. Finalize com a salsinha.

Aqueça uma frigideira e coloque o azeite. Quando estiver bem quente, sele as postas de salmão dos dois lados, por apenas 4 minutos de cada lado.

Dicas:

Esta receita é tão saborosa que pode ser servida com diversos acompanhamento, tais como: Caponata, Purê de Banana da Terra, Legumes Salteados, Batata Soutê, Purê de Abóbora Cabotiá ou um simples Arroz Branco e uma Farofa de Castanhas.


Esta receita foi testada previamente e faz parte do Livro “Diário da Gastronomia: De tudo… Um pouco.” Autora: Adriana Tenchini (Projeto em andamento, ainda sem data de publicação).


Gostou da Receita? Então Compartilhe.
Alguma dúvida ou sugestão? Poste aqui ou, se preferir, envie um e-mail adrianatenchini@outlook.com

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.

Publicitária, Gastrônoma e Escritora

E não esqueça de seguir as minhas redes sociais.


O bobó de camarão possui uma consistência cremosa, feito de camarões refogados, leite de coco e purê de mandioca misturados a temperos verdes e azeite de dendê, o que resulta em um prato delicioso. É um dos clássicos da gastronomia baiana, mas sua origem é africana. Sua receita chegou ao Brasil no século XVII e originalmente era preparado como um creme pouco consistente feito de inhame, ingrediente também vindo da África. Ao chegar no Brasil sofreu influência indígena e em seu preparo foi adicionado mandioca. Depois, foi sendo sofisticado com o acréscimo de camarão previamente refogado. O bobó de camarão se tornou um dos pratos mais pedidos na Bahia e um prato bem popular em outros lugares do Brasil. Ele pode ser servido quente ou frio, como prato principal ou acompanhamento. A receita é muito fácil. Experimente!

Bobó de Camarão

Categoria: Acompanhamento / Guarnição, Prato Principal

Especificação: Frutos do Mar, Cozinha Brasileira (Bahia)

Rendimento: 6 porções

Tempo de Preparo: 40 minutos

Dificuldade: Fácil

Ingredientes:

  • 500 g de mandioca (aipim ou macaxeira)
  • 1 kg de camarão médio, sem casca e limpo
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho picados
  • ¼ pimentão picado
  • 1 colher chá de gengibre ralado
  • 6 ramos de coentro, bem picados
  • 6 talos de cebolinha picados
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 3 tomates maduros, sem pele e sem sementes, bem picado
  • 200 ml de leite de coco
  • 2 colheres de azeite de dendê
  • 2 pimentas dedo de moça picadas sem semente
  • Sal a gosto

Modo de Preparo:

Rale a mandioca na parte fina do ralador e reserve. Tempere os camarões com sal e pimenta do reino. Reserve. Em um pilão, “machuque” a cebola, o alho, o pimentão, o gengibre, o coentro e a cebolinha.

Em uma panela coloque uma colher de azeite e refogue a mistura que foi preparada no pilão. Adicione os tomates picados e refogue um pouco. Acrescente a mandioca ralada, um pouco de água e deixe cozinhar, mexendo delicadamente até virar um creme, acrescentando mais água sempre que necessário.

Em uma frigideira adicione uma colher de azeite e salteie os camarões. Assim que mudarem de cor, transfira para o creme de mandioca e acrescente o leite de coco, o azeite de dendê e a pimenta dedo de moça. Acerte o sal. Sirva imediatamente, acompanhado de arroz branco e decorando com coentro picadinho.


Esta receita foi testada previamente e faz parte do Livro “Diário da Gastronomia: De tudo… Um pouco.” Autora: Adriana Tenchini (Projeto em andamento, ainda sem data de publicação).


Gostou da Receita? Então Compartilhe.
Alguma dúvida ou sugestão? Poste aqui ou, se preferir, envie um e-mail adrianatenchini@outlook.com

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.

Publicitária, Gastrônoma e Escritora

E não esqueça de seguir as minhas redes sociais.

Abrilhante a sua ceia com esta receita! Este é um prato que todo ano minha mãe fazia para o nosso Natal. É uma receita simples e muito saborosa.

Arroz de Forno com Camarão

Categoria: Acompanhamento / Guarnição, Prato Principal

Especificação: Arroz

Rendimento: 6 porções

Tempo de Preparo: 50 minutos

Dificuldade: Fácil

Ingredientes:

  • 3 dentes de alho picados
  • ½ cebola picada
  • 20 ml de óleo de soja
  • 3 xícaras de arroz cru
  • 6 xícaras de água quente (ou quanto bastar para o cozimento)

Molho:

  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 400 g de camarão médio sem casca e sem cabeça
  • ½ cebola picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 300 g de polpa de tomate
  • Sal, q.b. [1]
  • Pimenta do reino, q.b.
  • Salsa, q.b.

Finalização:

  • Queijo parmesão a gosto.

[1] Q.b. – quanto bastar.

Modo de Preparo:

Cozimento do arroz:

Refogar o alho e a cebola até dourar. Acrescentar o arroz e mexer até que os grãos fiquem soltinhos e ligeiramente translúcidos. Acrescentar a água e o sal. Quando entrar em ebulição, tampar a panela e cozinhar em fogo médio, sem mexer, até que o arroz absorva todo o líquido. Reserve.

Preparo do Molho de Camarão:

Em uma panela aqueça a manteiga, adicione os camarões e frite-os somente até ficarem rosa. Não deixe por muito tempo para não ficarem borrachudos. Retire da panela e reserve. Utilize a mesma panela para fazer o molho, sem necessidade de lavar antes. Aqueça o azeite e doure o alho e a cebola. Adicione a polpa de tomate e deixe apurar. Ajuste o sal e tempere com pimenta do reino a gosto. Apague o fogo, adicione os camarões reservados e a salsinha.

Preparo do Arroz de Forno:

Em um pirex grande coloque o arroz branco e o molho. Misture até que o molho de camarão incorpore em todo o arroz. Salpique queijo parmesão ralado e leve ao forno para gratinar.


Esta receita foi testada previamente e faz parte do Livro “Diário da Gastronomia: De tudo… Um pouco.” Autora: Adriana Tenchini (Projeto em andamento, ainda sem data de publicação).


Gostou da Receita? Então Compartilhe.
Alguma dúvida ou sugestão? Poste aqui ou, se preferir, envie um e-mail adrianatenchini@outlook.com

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.

Publicitária, Gastrônoma e Escritora

E não esqueça de seguir as minhas redes sociais.

Prato saudável, saboroso e sem derivados de animais. Faça em casa, é muito fácil e uma ótima pedida para uma ocasião especial. Pode ser servido como uma entrada quente, acompanhamento ou ainda como prato principal.

Abóbora Recheada com Cogumelos

Categoria: Entrada quente, Acompanhamento / Guarnição, Prato Principal

Especificação: Legumes, Vegetariana, Vegana

Rendimento: 4 porções

Tempo de Preparo: 1 hora e 20 minutos

Dificuldade: Fácil

Ingredientes:

  • 1 abóbora cabotia de tamanho médio
  • 1 xícara de água para o cozimento

Recheio:

  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 3 dentes de alho picadinho
  • ½ cebola picada
  • ½ xícara (chá) de alho poró fatiado
  • 1 bandeja de cogumelos (shitake cortados em fatias de um dedo de largura ou shimeji picado)
  • 250 ml de polpa de tomate
  • 2 colheres (sopa) de farinha de aveia
  • 1 garrafinha de leite de coco
  • Cheiro verde picado, q.b. [1]
  • Sal, q.b.
  • Pimenta do reino, q.b.

[1] Q.b. – quanto bastar.

Modo de Preparo:

Corte a parte superior da abóbora de modo que forme uma tampa. Tire todas as sementes, coloque um pouco de água dentro, tampe, embrulhe no papel alumínio e leve ao forno por aproximadamente 40 minutos ou até ficar macia (verifique espetando com um garfo).

Enquanto a abóbora assa, prepare o recheio. Em uma panela, em fogo médio, coloque o azeite, adicione o alho, refogando até dar uma leve douradinha. Junte a cebola e refogue novamente. Adicione o alho poró, refogando até que ele murche. Acrescente os cogumelos, salgue e tempere com a pimenta do reino. Refogue-os por cinco minutos. Reserve.

Em uma panela separada misture a polpa de tomate e a farinha de aveia diluída no leite de coco e vá mexendo até encorpar. Tire do fogo, junte os cogumelos refogados e o cheiro verde. Retire a abóbora do forno e o papel alumínio que está sobre ela. Despeje o recheio dentro dela, tampe e deixa assar por mais 15 minutos.


Esta receita foi testada previamente e faz parte do Livro “Diário da Gastronomia: De tudo… Um pouco.” Autora: Adriana Tenchini (Projeto em andamento, ainda sem data de publicação).


Gostou da Receita? Então Compartilhe.
Alguma dúvida ou sugestão? Poste aqui ou, se preferir, envie um e-mail adrianatenchini@outlook.com

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.

Publicitária, Gastrônoma e Escritora

E não esqueça de seguir as minhas redes sociais.

Uma ótima dica para um momento especial. Este prato eu aprendi em um curso de culinária que fiz ainda adolescente e em momentos especiais sempre gosto de incluí-lo no cardápio, por ter uma ótima aparência e ser muito saboroso. A carne de lombo é mais seca, mas este recheio aumenta a suculência. A parte mais difícil desta receita é abrir uma “manta” do lombo para colocar os recheios. Para aqueles que não dominam esta técnica, podem solicitar ao próprio açougueiro no momento da compra.

Rocambole de Lombo com Redução de Vinho Tinto

Categoria: Prato Principal

Especificação: Carne Suína

Rendimento: 8 porções

Tempo de Pré-preparo: 3 horas

Tempo de Preparo: 2 horas

Dificuldade: Médio

“Manta” de lombo com o recheio
“Manta” com o recheio e o bacon
Rocambole assado e fatiado

Ingredientes:

Marinada:

  • 2 kg de lombo de porco
  • 2 colheres (sopa) de sal
  • 3 dentes de alho esmagado
  • 1 cebola, em brunoise
  • 2 limões

Montagem do Rocambole:

  • 10 fatias de pão de forma
  • 2 xícaras de leite
  • 8 maçãs cortadas em fatias, sem casca e sem sementes
  • 1 cebola ralada
  • 80 gramas de ameixas pretas secas, sem caroços e picadas
  • 6 gemas
  • 1 pimentão verde, em brunoise
  • 2 cenouras raladas
  • pimenta do reino, q.b.[1]
  • sal, q.b.
  • 200 gramas de bacon, fatiado
  • Mel para pincelar

Molho:

  • Deglaçagem da assadeira
  • 1 xícara de água
  • 1 cebola ralada
  • 3 dentes de alho amassados
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 2 xícaras de vinho tinto seco

[1] Q.b. – quanto bastar.

Modo de Preparo:

Coloque o lombo para marinar por três horas com o sal, o alho, a cebola e o suco dos limões. Decorrido esse tempo, com o auxílio de uma faca afiada, vá abrindo o lombo até obter uma “manta” de carne que possa ser enrolada depois. Reserve o líquido da marinada.

Numa tigela a parte, coloque as fatias de pão de forma, regue com o leite e deixe de molho por uns 15 minutos. Espalhe as fatias de maçã num prato e regue com o suco de dois limões, para evitar que fiquem escuras.

Escorra as fatias de pão e, em outra vasilha, esprema com mãos até formar uma pasta. Adicione a cebola ralada, as ameixas pretas, as gemas, o pimentão, as cenouras, a pimenta do reino e o sal. Misture bem até obter um purê consistente. Espalhe o purê preparado sobre o lombo. Em seguida, disponha as fatias de maçã e sobre elas, o bacon fatiado.

Enrole o lombo como se fosse um rocambole, amarrando firme com um barbante em toda a sua extensão para evitar que o recheio escape. Prenda bem as duas extremidades. Coloque-o em uma assadeira juntamente com o líquido da marinada reservada e cubra com papel alumínio.

Leve ao forno pré-aquecido, por cerca de 1 hora e meia. De vez em quando, levante o papel e regue o rocambole com o líquido da assadeira. À medida que o líquido for secando, adicione água. Decorrido o tempo, retire o papel alumínio e pincele mel sobre o lombo. Deixe por mais 5 a 10 minutos para dourar.

Molho:

Deglaçar o fundo da assadeira com uma xícara de água (ver dicas abaixo) e bater tudo no liquidificador. Reserve. Em uma panela, doure o alho e a cebola no azeite. Adicione o vinho tinto e ferva por uns 5 minutos para o álcool evaporar. Em seguida, misture o caldo reservado e deixe reduzir até que obtenha a consistência de molho.

Corte o lombo em fatias com espessura de um dedo e disponha em uma travessa. Tenha cuidado ao cortar para não desmontar. O molho pode ser servido a parte ou despejado sobre o lombo.

Dicas:

1. O leite usado para demolhar o pão de forma pode ser substituído por leite vegetal, sendo melhor o de coco por ter um sabor mais suave, não marcante.

2. Para deglaçar, coloque a assadeira sobre a chama do fogão e adicione a água. Espere aquecer até que solte todos os resíduos do cozimento do lombo, são eles os formadores do sabor dos molhos e reduções.


Esta receita foi testada previamente e faz parte do Livro “Diário da Gastronomia: De tudo… Um pouco.” Autora: Adriana Tenchini (Projeto em andamento, ainda sem data de publicação).


Gostou da Receita? Então Compartilhe.
Alguma dúvida ou sugestão? Poste aqui ou, se preferir, envie um e-mail adrianatenchini@outlook.com

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.

Publicitária, Gastrônoma e Escritora

E não esqueça de seguir as minhas redes sociais.

A receita de Ratatouille é uma especialidade francesa, um clássico da Gastronomia Moderna (século XVIII), da região Provençal de Nice. Foi criada pelos camponeses com os vegetais disponíveis e com os poucos recursos da época. Se assemelha a um guisado de legumes e é uma ótima opção para vegetarianos e veganos, além de ser muito saudável e nutritivo. Pode ser servida quente ou fria, como prato principal ou acompanhamento.

O filme de animação da Disney Pixar, Ratatouille (2007), sobre um pequeno rato francês com aspirações culinárias, tornou o prato famoso.

Ratatouille. Herança dos camponeses franceses.

Categoria: Entrada, Acompanhamento / Guarnição, Prato Principal

Especificação: Legumes, Cozinha Internacional (França), Vegetariana, Vegana

Tempo de Preparo:  60 minutos

Rendimento: 6 porções

Dificuldade: Fácil

Ingredientes:

  • 2 cebolas
  • 3 tomates
  • 2 abobrinhas
  • 2 berinjelas
  • 1 pimentão verde
  • 1 pimentão amarelo
  • 2 dentes de alho amassados
  • passata de tomate para cobrir o fundo da forma
  • sal, q.b.[1]
  • pimenta do reino, q.b.
  • manjericão, q.b.
  • tomilho, q.b.
  • tomilho fresco, q.b.
  • azeite, q.b.

[1] q.b. Quanto baste.

Modo de Preparo:

Cubra o fundo de uma forma (ou refratário) com a passata de tomate. Corte os vegetais em rodelas fina, salpique sal. Acomode os vegetais, na vertical, um ao lado do outro, por cima do molho. Intercale-os alternando as cores, porém, seguindo a mesma ordem de montagem, para obter uma aparência bonita e colorida.

Após preencher toda a forma, polvilhe o alho, sal, pimenta do reino, manjericão e galhos de tomilho. Regue com bastante azeite. Cubra com papel alumínio ou manteiga e leve ao forno aquecido a uma temperatura de 180º C a 200º C por aproximadamente 30 minutos. Retire o papel e deixe por mais uns 15 minutos.

Dicas:

Pode ser servido frio ou quente.


Esta receita foi testada previamente e faz parte do Livro “Diário da Gastronomia: De tudo… Um pouco.” Autora: Adriana Tenchini (Projeto em andamento, ainda sem data de publicação).


Gostou da Receita? Então Compartilhe.
Alguma dúvida ou sugestão? Poste aqui ou, se preferir, envie um e-mail adrianatenchini@outlook.com

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.

Publicitária, Gastrônoma e Escritora

E não esqueça de seguir as minhas redes sociais.

Em Roma, a paixão pelas massas parece bater todos os recordes, e foi nesta cidade, segundo a opinião de seus habitantes, que surgiram criações de fama mundial como o spaghetti alla carbonara, os bavette alla carrettiera, os spaghetti all’amatriciana e os spaghetti alla putanesca. A cidade Eterna é cheia de contrastes, ricos e pobres vivem a poucos metros de distância. A paixão pela “pasta” é o elo que une todos, mas para os romanos menos abastados, a massa constitui um prato acessível, farto, saudável e, acima de tudo, saboroso.

“Pasta”, a paixão dos romanos.

Categoria: Acompanhamento, Prato Principal

Especificação: Cozinha Internacional (Itália), Espaguete, Massas

Tempo de Preparo: 20 minutos

Rendimento: 4 porções

Dificuldade: Fácil

Ingredientes:

  • 500 g de espaguete
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 150 g de bacon em cubos
  • 3 dentes de alho picadinhos
  • 1 cebola em cubos
  • 2 ovos batidos
  • 200 ml de creme de leite
  • 80 g de queijo parmesão ralado
  • sal e pimenta do reino a gosto
  • Salsinha e Cebolinha picada a gosto

Modo de Preparo:

Cozinhe o espaguete em bastante água com sal até ficarem al dente. Enquanto isso, doure o bacon no azeite até ficar crocante. Adicione a cebola e o alho, refogue.

Salteie o espaguete no bacon frito. Retire do fogo e misture um pouco de pimenta-do-reino, os ovos batidos e metade do queijo parmesão, salteando bem até que os ovos comecem a ficar espessos. Incorpore o creme de leite e restante do queijo. Salpique salsinha e cebolinha. Sirva imediatamente.


Esta receita foi testada previamente e faz parte do Livro “Diário da Gastronomia: De tudo… Um pouco.” Autora: Adriana Tenchini (Projeto em andamento, ainda sem data de publicação).

Gostaram da receita? Alguma dúvida ou sugestão? Postem aqui ou, se preferirem, enviem um e-mail adrianatenchini@outlook.com

Publicitária, Gastrônoma e Escritora

adrianatenchini@outlook.com

O prato foi criado pelo chefe grego Nikolaos Tselementes em 1910. A mussaka é montada com camadas de carne de cordeiro, berinjela, batata e tomates, cobertos com molho branco e levados ao forno para gratinar. Existem versões diferentes em outros países, porém, a receita grega é a mais elaborada e é uma delícia. Façam em casa!

Mussaka. Prato grego mais conhecido do mundo.

Categoria: Prato Principal

Especificação: Carne Ovina, Cozinha Internacional (Europeia – Grécia)

Tempo de Preparo: 1 hora e 30 minutos

Rendimento: 2 porções

Dificuldade: Médio

Ingredientes:

  • Azeite, q.b.[1]
  • 1 berinjela, cortada em rodelas de 1 cm de largura
  • 1 batata sem casca, cortada em rodelas de 1 cm de largura
  • 3 dentes de alho, em brunoise
  • 1 cebola, em brunoise
  • 300 g de pernil de cordeiro, picado finamente
  • 2 tomates, em concassê
  • 50 ml de passata de tomate
  • Salsinha picada, q.b.
  • Sal, q.b

Molho Bechamel:

  • 30 g de manteiga
  • 40 g de farinha de trigo
  • 300 ml de leite
  • 2 colheres (sopa) de queijo parmesão, ralado fino
  • 1 ovo
  • Noz moscada, q.b.
  • Queijo parmesão ralado grosso, q.b.

[1] Q.b. – quanto bastar.

Modo de Preparo:

Em uma frigideira, aqueça um pouco de azeite e doure as rodelas de berinjela. Seque-as em papel toalha. Faça o mesmo com as batatas, até que estejam macias. Seque-as.

Doure alho e cebola em azeite, junte a carne de cordeiro e doure bem. Acrescente os tomates, a passata, salsinha, pimenta do reino, sal e orégano. Cozinhe até encorpar.

Molho Bechamel:

Derreta a manteiga e doure a farinha. Junte o leite aos poucos, mexendo sempre. Deixe engrossar bem. Retire do fogo e junte o ovo e o queijo, batendo bem. Tempere com sal e noz moscada.

Montagem:

Em uma assadeira monte na seguinte ordem: Azeite + batatas + carne + berinjela + carne + bechamel + queijo ralado grosso. Leve ao forno a 200º C e cozinhe por cerca de 50 minutos até dourar.

Dicas:

1. É importante deixá-la esfriar antes de cortar.
2. Pode ser substituído por carne de boi.


Esta receita foi testada previamente e faz parte do Livro “Diário da Gastronomia: De tudo… Um pouco.” Autora: Adriana Tenchini (Projeto em andamento, ainda sem data de publicação).


Gostou da Receita? Então Compartilhe.
Alguma dúvida ou sugestão? Poste aqui ou, se preferir, envie um e-mail adrianatenchini@outlook.com

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.

Publicitária, Gastrônoma e Escritora

E não esqueça de seguir as minhas redes sociais.